Sem categoria

Painel Ecumênico com Marcelo Barros e Nancy Cardoso

O monge beneditino Marcelo Barros e a pastora metodista Nancy Cardoso se encontram no dia 08 de novembro, às 16h, em Salvador (BA), para o Painel Ecumênico “Escutar os clamores: A resistência popular tece a esperança!”, um momento de reflexão diante dos retrocessos em curso no Brasil. As inscrições para  o evento, que acontece no Museu de Arte da Bahia, podem ser realizadas gratuitamente pelo Sympla.

A ação integra a programação da Semana da Solidariedade, realizada pela Cáritas Brasileira Regional Nordeste 3 em parceria com a Coordenadoria Ecumenica de Serviço (CESE). As entidades  celebram 30 e 45 anos, respectivamente, na luta pela  defesa e garantia de direitos.

O evento, que segue até o dia 10 de novembro, tem como destaque a Feira de Sabores e Saberes, um espaço que integra a comercialização de produtos da Economia Solidária com sarau, teatro, poesia e rodas de conversa sobre raça e gênero. Entres os produtos que serão comercializados estão itens gastronômicos como pão de macaxeira, bolacha de tapioca e batata doce, queijada, bolo bacia, mel, cocadas e compotas de frutas, pescados, além de artesanatos em sisal, crochê, bordados, turbantes, bolsas, livreiros, bonecas e outros itens.

Conheça os palestrantes:

Nancy Cardoso é pastora metodista, teóloga e filósofa com mestrado e doutorado em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo. É pós-doutora pela Universidade Estadual de Campinas, foi reitora da Universidade Bíblica Latino-Americana (UBL), agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) na região Sul Rio  e professora na Universidade Severino Sombra, de Vassouras (RJ).

Marcelo Barros é autor de 44 livros publicados,  foi membro do secretariado nacional da Comissão Pastoral da Terra ( CPT)  por 14 anos e hoje é membro do Fórum Diálogos pela Diversidade Religiosa e contra a Discriminação, organismo do Ministério Público em Pernambuco, e  também participa do Comitê Inter Religioso pela Democracia. Barros é reconhecido por desenvolver uma teologia de um cristianismo aberto às outras religiões. Ainda na década de 60 integrou uma fraternidade ecumênica na qual viviam irmãos católicos e evangélicos e nos anos 90  se inseriu na relação com comunidades de tradição afro-brasileira.

Confira a programação :

08/11

16h – Painel Ecumênico “Escutar os clamores: A resistência popular tece a esperança!”

 

09/11

9h às 18h – Feira de Sabores e Saberes + Tenda das Mulheres

15h – Lançamento de vídeo documentário sobre mulheres

15h30 ás 17h30 – Roda de Conversa

O protagonismo das mulheres na construção de uma outra economia inspirada na solidariedade e no compartilhamento de sabores e saberes

17h30 -Lançamento da Cartilha Fundos Rotativos Solidários

18h – Lançamento do filme Revolta dos búzios

Apresentações artísticas : poesia, música, performance artística

 

10/11

9h às 18h – Feira de Sabores e Saberes + Tenda das Mulheres

11h – Lançamento de vídeo documentário sobre  Convivência com Semiárido

14h às 16h  Sarau –  Juventudes e Raça ( Poesia, Música e Teatro)

Temática: Juventudes sonhando, criando e transformando juntos pela construção da paz, equidade de gênero e racial.