Eventos Notícias

Parceiros da América do Sul, Ásia e África socializam experiências do Programa

– “É global, está presente em diversas partes do mundo”, aponta Swatantra Gupta, representante de Smile Foundation (Índia).

– “É como café. Em qualquer conversa no meu país, inclusive sobre mobilização de recursos, o café está presente para conectar pessoas”, analisa Berhanu Demissie, representante de Development Expertise Centre (DEC), vindo da Etiópia.

– É como o cacto, planta comum à vegetação do semiárido brasileiro. “Temos a resiliência para lutar em diversos campos, assim com os cactos reservam água em seu interior e resistem a longos períodos de seca”, compara Luana Almeida, da CESE (Brasil).

Com as apresentações de cada país sobre a forma com que entendem o Programa Change the Game Academy (“Virando o Jogo,” na versão brasileira), foi aberto o Encontro de Coordenação do Programa, que é uma iniciativa da agência de cooperação holandesa Wilde Ganzen. Estiveram presentes na reunião (realizada entre os dias 26 e 28 de junho, em Nairóbi – Quênia) as organizações que integram o Change the Game: CESE (Brasil), Smile (Índia), KCDF (Quênia), Development Expertise Centre (Etiópia), ICCO (Uganda) e ABF (Burkina Faso).

Entre os objetivos do Encontro, destacam-se: construir uma visão comum da iniciativa (com as adaptações locais); elaborar ideias em como tornar o Programa sustentável em cada país; estreitar relacionamento entre os participantes para intercâmbio de experiências e informações para ações de cooperação futuras; e abordagens comuns (uso da marca, monitoramento e avaliação, ensino a distância e coaching).

Ao final, foram formados grupos de trabalho para dar encaminhamento às discussões nos campos de mobilização de recursos e sustentabilidade; perspectivas para os próximos 10 anos; coaching e educação a distância.
A perspectiva é que nos próximos 10 anos, 1000 organizações sejam treinadas na América do Sul, Ásia, África e Europa.

Aniversário de KCDF
A CESE também esteve presente na comemoração do 20º aniversário de KCDF (Kenya Community Development Foundation), celebrada entre os dias 22 e 23 de junho também na capital do Quênia. Durante esses dias, um total de 300 pessoas participou da Conferência “Desenvolvimento Sustentável: deslocando o poder, construindo a resiliência da comunidade”, realizada pela organização queniana em parceria com o Global Fund for Comunity Foundations e Africa Philantropy Network.

No dia 23, foi realizado o workshop “Comunidades como Doadores: depoimentos do Brasil, Quênia e Índia”. Com foco central em apresentar as experiências do Programa Change the Game nos três países, o papel da CESE foi fazer uma exposição dialogada sobre mobilização de recursos no campo de direitos humanos.

O evento foi finalizado na noite do dia 23, com o coquetel de lançamento do livro comemorativo do aniversário de 20 anos de KCDF.