Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço | Há mais de 40 anos, a CESE atua na promoção, defesa e garantia de direitos no Brasil. E faz isso porque entende que a desigualdade e a injustiça ainda persistem.

Canal CESE

 

Veja mais vídeos →

O racismo é uma chaga histórica que atinge a todos no Brasil. É engano achar que é só dor de preto, nunca foi. O racismo estrutural tem consequências profundas tanto sociais quanto econômicas. Enquanto não vencermos essa agressão diária contra preceitos básicos de humanidade e cidadania, não nos tornaremos o país que todos merecermos ter. (Lucilene Kalunga – Grupo de Mulheres Negras Malunga)

É preciso entender o povo preto como e enquanto potencialidade. Entendemos que o racismo é estrutural, e essa estrutura afeta diretamente o nosso povo. Olhar para o passado, olhar o ontem, é entender que nossa ancestralidade resistiu e resiste a todo o momento. E que o empoderamento, fortalece a nossa identidade e a nossa história. (Ronald Castro – Coletivo Negritude Sussuarana)