Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço | Há mais de 40 anos, a CESE atua na promoção, defesa e garantia de direitos no Brasil. E faz isso porque entende que a desigualdade e a injustiça ainda persistem.

Canal CESE

 

Veja mais vídeos →


Agradecemos a sensibilidade, generosidade em contribuir neste tempo difícil que o nosso país e o Estado do Amazonas passam, com a disseminação do novo coronavírus. Os povos indígenas integram o grupo de risco. De modo particular, as mulheres indígenas são mais vulneráveis. Este é um momento de muita luta. São essas mulheres guerreiras que cuidam das famílias. Nossas dores e angústias se transformam em luta pelo direito de nosso viver.
Clarice Tukano, da Associação das Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro( AMARN)


Nesses tempos de pandemia, são as mulheres que têm desempenhado um papel fundamental nas articulações, nas ações de prevenção, e na defesa de direitos, sobretudo no que se refere à alimentação, saúde e educação. O apoio da CESE representa o reconhecimento da importância desse trabalho em um contexto de aumento de violações dos direitos humanos e ataque as liberdades democráticas.
Aline Carneiro. Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste (MMTR-NE)




Redes