Estudo traça conexões sobre grilagem de terras públicas, desmatamento e expropriação de territórios tradicionais – Movimentos Sociais | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Movimentos Sociais Notícias

Data: 27.10.20

Estudo traça conexões sobre grilagem de terras públicas, desmatamento e expropriação de territórios tradicionais

Associação de Advogados/as de Trabalhadores/as Rurais (AATR) acaba de disponibilizar, na íntegra, o estudo  “Legalizando o ilegal: legislação fundiária e ambiental e a expansão da fronteira agrícola no Matopiba”.
O material  traça uma análise de parte das legislações fundiárias e ambientais sobre terras públicas devolutas estaduais no Matopiba, estabelecendo conexões entre grilagem de terras públicas, desmatamento e expropriação de territórios tradicionais.
LANÇAMENTO – O evento virtual de lançamento do relatório foi marcado por um bate-papo com Mauricio Correia, coordenador geral da AATR; Valéria Pereira, da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado; Altamiran Ribeiro, coordenador da CPT Piauí, e Roberta Figueiredo, coordenadora do Núcleo de Estudos, Pesquisas em Questões Agrárias (NERA) da Universidade Federal do Maranhão (UFAM). O momento foi mediado por Joice Bonfim, que integra a coordenação da AATR.
Para ler o estudo na íntegra, clique aqui.
Caso o link acima não funcione, acesse por aqui
Com informações do CESE/CONIC e da AATR
Imagem: Reprodução