[:pb]Primavera para a Vida encerra com apoio a projeto[:en]Primavera para a Vida (Spring for Life) closing ends in project support[:]

[:pb]Com encerramento da estação das flores, a CESE se despede da 15ª edição da Campanha Primavera para a Vida (PPV). Neste ano, a campanha trouxe o tema “Eu respeito a DIVERSIDADE RELIGIOSA e você?”, relacionado à crescente onda de intolerância religiosa que tem avançado no mundo e também no país.

Tendo em vista essa realidade, a CESE promoveu dois grandes momentos para reflexão sobre respeito e garantia de direitos no que se refere à liberdade religiosa. O primeiro deles foi a Roda de Diálogo sobre Intolerância Religiosa, ação de incidência que aproximou a Rede de Combate ao Racismo e Intolerância Religiosa com o Conselho Ecumênico Baiano de Igrejas Cristãs (CEBIC).

O segundo momento foi o lançamento oficial da Campanha, no qual representantes de diversas expressões de fé abordaram o tema a partir de experiências de diálogo e respeito, seguido da tradicional feijoada. Movimentada por muita música, o almoço da PPV reuniu cerca de 150 pessoas no terraço da CESE.

Esta ação e o ofertório arrecadado na Celebração Ecumênica na Catedral Metropolitana de Brasília, mobilizaram cerca 4.500,00 reais com objetivo de apoiar projeto que promova o ecumenismo e o diálogo inter-religioso. A proposta selecionada foi o Encontro Nacional da Reju – Direitos, Fé e Luta da Rede Ecumênica da Juventude com intuito de promover a capacitação em Incidência Política e direitos de juventude, em São Paulo.

Adotando como critério e prioridade o apoio a projetos que possibilitam intervir na formulação e fiscalização das políticas públicas, a CESE apostou na proposta por reconhecer o enfoque da incidência política como algo central no trabalho da REJU. Nas discussões sobre diálogo religioso, por exemplo, a Rede realiza e apoia campanhas nacionais (Visto Branco Contra a Intolerância Religiosa e Campanha Nacional Contra o Extermínio das Juventudes, Frente de Religiosos (as) contra o fundamentalismo – #nãoemnossonome) que possuem como motor as Políticas Públicas de Juventude.

Para Edoarda Scherer, facilitadora nacional da REJU, para enfrentar a pauta conservadora e os retrocessos, a juventude ecumênica tem assumido um caminho propositivo: “As juventudes ecumênicas encontram caminhos de protagonismo nos campos políticos sociais e religiosos para superação de intolerâncias em contraponto aos retrocessos nas políticas públicas e conquistas históricas dos Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais”. Destaca também a parceria com a CESE: “A CESE nos apresenta apoio que revela em gestos concretos e nos motiva a seguir, pois reconhecemos que estamos envolvidos em um trabalho em rede. Esta soma de lutas e causas conjuntas se torna fundamental para garantia e defesa de direitos”.

Com esta 15ª edição, a CESE reitera o compromisso da campanha de fortalecer as relações e ampliar o diálogo com as bases das igrejas, assim como com outras entidades ecumênicas. Que com as próximas primaveras, a CESE continue cultivando sementes de justiça, paz e solidariedade afim de colher uma sociedade mais justa e fraterna, onde todos e todas tenham acesso aos seus direitos fundamentais.[:en]With the closing of the flower season, CESE bids farewell to the 15th edition of the Primavera para a Vida (PPV) (Spring for Life) campaign. This year, the campaign brought the theme “I respect RELIGIOUS DIVERSITY and you?” which relates to the rising tide of religious intolerance that has advanced in the world and in Brazil.

Given this reality, CESE organized two major moments for reflection on the respect and guarantee of rights with regard to religious freedom. The first of these was the “Roda de Diálogo” (Dialogue Circle) on Religious Intolerance, an advocacy action that brought together the Rede de Combate ao Racismo e Intolerância Religiosa (The Network for the Combat of Racism and Religious Intolerance) with the Conselho Ecumênico Baiano de Igrejas Cristãs (CEBIC) (The Bahian Ecumenical Counsel of Christian Churches).

The second moment was the official launch of the campaign, in which representatives of various expressions of faith approached the topic from experiences of dialogue and respect, followed by a traditional feijoada (Brazlialian signature dish of bean and meat stew) under the spell of lots of live music, the PPV lunch brought together about 150 people in the CESE terrace.

This action and the offertory proceeds in the Ecumenical Celebration at the Cathedral of Brasília, mobilized about BR$4,500.00 for the support of a project to promote ecumenism and interreligious dialogue. The proposal selected was the National Meeting of the Reju – Rights, Faith, and Struggle of the Youth Ecumenical Network in order to promote capacity building in Policy Advocacy and Youth Rights in São Paulo.

CESE adopted as criteria and priority the support for projects that make it possible to intervene in the formulation and monitoring of public policies, and backed the proposal for recognizing the focus of political advocacy as something central in the work of Reju. In discussions regarding religious dialogue, for example, the Network conducts and supports national campaigns including : Visto Branco Contra a Intolerância Religiosa (Wearing White to Protest Religious Intolerance) and Campanha Nacional Contra o Extermínio das Juventudes (the National Campaign Against Killing of Youth), Frente de Religiosos (as) contra fundamentalismo (Religious Front against fundamentalism) that are driven by Youth Public Policy.

For Edoarda Scherer, national facilitator of the Reju, in order to face setbacks and the agenda of the conservative elite, the ecumenical youth have taken an important path. “The ecumenical youth have taken a pro-active role in the social and religious political arena for overcoming intolerance as a counterpoint to setbacks in public policy and historical achievements of Human, Economic, Social, Cultural and Environmental Rights.” He also highlights partnership with CESE: “CESE gives us support that shows up in concrete actions and motivates us to continue on, as we recognize that we are involved in a network. This sum of joint struggles and causes becomes fundamental to guarantee and defend rights”.

With this 15th edition, CESE reiterates the campaign’s commitment to strengthen relations and expand dialogue with church structures, as well as with other ecumenical bodies. The hope is that with successive springs, CESE will continue cultivating seeds of justice, peace, and solidarity in order to bring about a more just and fraternal society where all men and women have access to their fundamental rights.[:]


Warning: Use of undefined constant rand - assumed 'rand' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/cese/www/acervo/2017/wp-content/themes/ribbon/single.php on line 35

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *