Apoie a Cese

Como apoiar a CESE

—PESSOAS FÍSICAS—

Você pode doar via PAGSEGURO E  CARTÃO DE CRÉDITO através do SITE. CLIQUE AQUI E DOE AGORA!

PARA DÉBITO EM CONTA CORRENTE entre em contato com Marília, Patrícia ou Luana, no setor de Mobilização de Recursos que providenciaremos o preenchimento da autorização bancária.
Contatos: rededeamigos@cese.org.br e 71 21045457

PARA DEPÓSITO EM CONTA
COORDENADORIA ECUMÊNICA DE SERVIÇO – CNPJ: 13.589.270/0001-21
Banco do Brasil Agência: 2799-5 / Conta: 119756-8 / Salvador-Bahia-Brasil
Bradesco Agência: 0592-4 / Conta: 42.144-8 /Salvador-Bahia-Brasil

_____________________________________________________________________

—PESSOAS JURÍDICAS—

Sua empresa pode ajudar a CESE a fortalecer as lutas das organizações populares e transformar vidas!

A  Lei do Lucro Operacional (Lei 9.249/95)  concede às EMPRESAS, que declaram pelo lucro real, a possibilidade de deduzir, como despesa, o valor doado até o limite de 2% do lucro operacional, para as entidades civis sem fins lucrativos, que possuem o Certificado de Utilidade Pública Federal. A empresa que doar recursos poderá efetivar a dedução referente ao exercício da doação, não sendo necessário solicitar autorização prévia da Receita Federal.

QUEM PODE DOAR VIA LEI DO LUCRO OPERACIONAL?

Empresas que declaram pelo lucro real.

COMO DOAR VIA LEI DO LUCRO OPERACIONAL?

  1. Faça um depósito/transferência em nome da CESE – COORDENADORIA ECUMÊNICA DE SERVIÇO: Banco do Brasil: 001 | agência: 3459-2| conta 19.756-4 / CNPJ: 13.589.270/0001-21
  2. Encaminhe o comprovante e os dados cadastrais para rededeamigos@cese.org.br para que possamos emitir o recibo conforme legislação vigente;
  3. Mantenha em arquivo, por sete anos, a declaração de doação assinada pela CESE, conforme a IN SRF nº 11, em que esta se compromete a aplicar integralmente os recursos recebidos na realização de seus objetivos sociais e a não distribuirlucros, bonificações ou vantagens.

POR QUE DOAR?

Sua empresa pode ajudar a CESE a fortalecer as lutas das organizações populares e transformar vidas! O direito é assegurado por lei; é um procedimento ágil e permite dedução de IR.

A doação e dedução fiscal nesses termos estão asseguradas pela Lei nº 9.249/1995 (Art. 13, parágrafo 2º, inciso III), IN SRF nº 87/1996 e Dec. nº 3.000/99 (Art. 365); A doação não depende de licitações e aprovação de leis de incentivo; e pode ser doado do Imposto de Renda.

Para facilitar o entendimento do mecanismo de benefício fiscal conferido as OSCIP’s, clique aqui para verificar um exemplo de dedução.