Ato-Cortejo na Festa de Iemanjá denuncia mais um crime ambiental – Ecumenismo | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Ecumenismo Notícias

Data: 02.02.19

Ato-Cortejo na Festa de Iemanjá denuncia mais um crime ambiental

Diante de mais um terrível crime ambiental provocado pela empresa Vale, desta vez em Brumadinho, o nosso Velho Chico pode ser afetado nos próximos dias. Por isso, movimentos sociais, pastorais e organizações populares (MAB-Movimento dos Atingidos por Barragens, Koinonia, Comissão Pastoral da Terra, Conselho Pastoral dos Pescadores, CESE, Cáritas Regional Nordeste 3) organizaram um Ato-Cortejo para protestar e fortalecer a luta em defesa do Rio São Francisco.

O ato aconteceu no dia 2 de fevereiro, pelas ruas do bairro do Rio Vermelho, em Salvador, em meio a tradicional Festa de Iemanjá, com centenas de vítimas e um enorme passivo ambiental.

Confira algumas fotos do ato no facebook da CESE clicando aqui.