Campanha Primavera para a Vida lança publicação com reflexões teológicas sobre “Fake News” – Ecumenismo | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Ecumenismo Notícias

Data: 22.09.21

Campanha Primavera para a Vida lança publicação com reflexões teológicas sobre “Fake News”

Lançada no Seminário da Campanha Primavera para a Vida 2021, a publicação traz reflexões que ajudam a entender e aprofundar sobre as “Fake News” no âmbito das igrejas e na sociedade.

A disseminação proposital de desinformação e notícias falsas, passam ocupar um lugar central nos debate públicos sobre a democracia e as implicações que esse fenômeno tem causado para a sociedade.  A publicação “Buscar a Verdade: Um Compromisso de Fé” envia luz à importância do caminho da verdade como um princípio cristão que produz paz e justiça, e denuncia como isso tem sido um impeditivo para avanço social. Inspirada no texto bíblico da Campanha Primavera para a Vida ‘’Guarda os teus lábios de falarem enganosamente, quem diz a verdade manifesta a justiça’’. Pv 12:17ª, a obra expressa como as comunidades de fé são impactadas e como podem fazer os enfrentamentos contra injustiças e mentiras.

A publicação foi lançada durante o Seminário da Campanha Primavera para a Vida 2021, e traz como proposta a reflexão sobre esses novos desafios para as sociedades democráticas, através de subsídios bíblicos e teológicos para que as igrejas trabalhem nas suas reuniões, encontros, catequeses, estudos bíblicos e escolas dominicais. Uma nova ferramenta para discussão coletiva que pode contribuir para o urgente e necessário debate entre igrejas, organismos ecumênicos, movimentos sociais e organizações populares.

Os artigos são assinados por representações das Igrejas que compõe a CESE: Dra. Camila Oliver (Alianças de Batistas do Brasil); Teólogo Dr. Paulo Ueti (Igreja Episcopal Anglicana do Brasil); Teóloga Renate Gierus (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil); Reverendo Dr. Alexandre de Jesus dos Prazeres (Igreja Presbiteriana Unida); Dra. Flora Maria Pereira (Igreja Católica Apostólica Romana); e Reverendo André Lima (Igreja Presbiteriana Independente). E também pela Professora Dra. Magali Cunha, pesquisadora do tema e da relação estreita existente entre a disseminação de notícias falsas e o aprofundamento de fundamentalismos religiosos nas igrejas e na sociedade brasileira.

A publicação é composta ainda por Histórias de Vidas de pessoas e organizações, afetadas pela disseminação de notícias falsas. O Movimento dos Atingidos por Barragens; Rafael Soares, diretor executivo de KOINONIA – Presença Ecumênica e Serviço; e Eliete Paraguassu, liderança quilombola e integrante do Movimento de Pescadores e Pescadoras da Ilha de Maré, contribuíram com produção dos textos deste capítulo.

Nossa gratidão à valiosa contribuição das pessoas que escreveram os textos, representando a diversidade de olhares das igrejas que compõem a CESE, e às pessoas que compartilharam os impactos da proliferação desenfreada de mentiras sobre suas vidas e organizações.

Desejamos uma boa leitura!

Para acessar a publicação, clique aqui.