CESE emite nota de pesar pelo falecimento do professor Jaime Sodré – Ecumenismo | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Ecumenismo Notícias

Data: 07.08.20

CESE emite nota de pesar pelo falecimento do professor Jaime Sodré

Ligado ao Terreiro Bogum, por muitas vezes parceiro do movimento ecumênico para o diálogo inter-religoso, Jaime Sodré nos ensinava que o respeito, mais que tolerância, era a pedra de toque à condição de convivência entre as pessoas na diversidade dos modos com que manifestam suas expressões de fé. Ao lado da querida Makota Valdina e de tantas lideranças religiosas, esteve presente nas iniciativas que pela CESE propúnhamos com o incipiente movimento ‘construindo diálogos’ para superar as bases da intolerância religiosa, cujo caldo hoje sofremos neste era trevosa que tenta nos dominar.

Jaime, amigo, professor educador, artista, profundo conhecedor e entusiasta da música que vem do povo de santo, cultor da influência da religião afro-brasileira da obra do Mestre Didi, transitava com leveza pelas festas da Bahia. Nos debates sobre cultura negra e um dos grandes mobilizadores a partir dos espaços sagrados de resistência do fim de linha da Federação abraçando o Dique do Tororó, contribuindo para a criação em 2007, do “Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa” que a Bahia comemora a cada 21 de Janeiro.

Querido Jaime, sábio e generoso amigo, sua passagem para outro plano nos surpreende, no entanto, a força de seu legado continuará a inspirar os caminhos para a superação do racismo e para os diálogos inter-religiosos rumo à convivência fraterna e respeitosa entre as diversas expressões de fé em nossa querida Bahia.

Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE

Agosto de 2020