Crime de Mariana: 4 anos de lama e luta! – Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Notícias

Data: 05.11.19

Crime de Mariana: 4 anos de lama e luta!

4 anos de lama e luta!
O lucro não vale a vida!👊

A cada dia que passa, novos elementos surgem para comprovar a negligência e imprudência da Vale, e a leniência de órgãos públicos diante do poder econômico da empresa. O lucro dos acionistas sempre esteve à frente da proteção da vida e do meio ambiente ameaçado por seus empreendimentos.

Os atingidos vivem a dor das perdas e angustia e indignação com a falta de respostas, enquanto há tentativas da empresa em protelar ou evitar as reparações (muitas vezes irreparáveis) e fugir da suas responsabilidades.

A repetição desse tipo de crime, pouco mais de três anos após a tragédia que abalou Mariana e o Rio Doce, deixa explícito que não há acidente. Foi lançada luz sobre um modelo de exploração dos nosso recursos naturais sem compromisso social e ambiental baseado em privatizações, precária regulação e fiscalização do setor público e nos interesses do capital financeiro.

Desde então, milhares de famílias em todo o Brasil foram alertadas para o risco, até então desconhecido, das barragens que podem destruir vidas e territórios inteiros em poucos segundos.

Pelo direitos dos atingidos, basta de impunidade!

#AValeDestróiOPovoConstrói
#OLucroNãoValeAVida

Fonte: Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)