Fortalecimento e protagonismo das mulheres negras e populares será tema de seminário durante o Fórum Social Mundial – Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Notícias

Data: 09.03.18

Fortalecimento e protagonismo das mulheres negras e populares será tema de seminário durante o Fórum Social Mundial

Mulheres do Norte e Nordeste de movimentos sociais e organizações populares do campo e cidade, se reúnem em Salvador – Bahia, no dia 15 de março, das 16h às 18h, durante o Fórum Social Mundial. As participantes irão refletir sobre os desafios e perspectivas da atual conjuntura, além de debater estratégias de luta e enfrentamento sobre os retrocessos de direitos. O encontro será aberto ao público e acontecerá no PAF I(Pavilhão de Aulas Reitor Felippe Serpa), sala 207, no Campus Universitário de Ondina, na Universidade Federal da Bahia – UFBA.

O objetivo deste seminário é refletir sobre os desafios e perspectivas para o fortalecimento e protagonismo das mulheres negras e de mulheres de setores populares do Norte e Nordeste, e suas organizações, no debate público na sociedade brasileira e nos processos de participação social referente à defesa da democracia, acesso e garantia de direitos e justiça social, na atual conjuntura.

Trata-se da Ação Mulheres Negras e Populares: Traçando Caminhos, Construindo Direitos, executada entre os anos de 2015 e 2017, e realizada ela CESE e SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, com financiamento da União Europeia. O seminário envolverá mulheres negras e dos setores populares das regiões Norte e Nordeste, entre elas, quilombola, trabalhadora rural, indígena, juventude, além das representantes da CESE e SOS Corpo.

Neste momento de fragilidade da democracia e de avanço das forças conservadoras no Brasil, na América Latina e em diversos países do mundo, nós mulheres negras e populares temos construído experiências e estratégias para resistir a todas as formas opressão e violência. É sobre isso que estamos falando, é sobre isso que vamos falar.” Destaca Rosana Fernandes, assessora de Projetos e Formação da CESE.

Ao final da atividade, será lançada a publicação  “Mulheres Negras e Populares do Norte e Nordeste – Experiências que se  entrelaçam”, que sistematiza as experiências e aprendizados do Projeto, realizado entre os anos de 2015-2018, com apoio da CESE e SOS Corpo, com financiamento da União Europeia.

 

Sobre a CESE

A CESE é uma entidade filantrópica que, há 44 anos, atua para fortalecer movimentos sociais e grupos populares que lutam por transformações políticas, econômicas e sociais, focando estruturas em que prevaleçam a democracia com justiça, intermediando recursos financeiros e compartindo espaços de diálogo e articulação. A instituição tem sede em Salvador, Bahia, e é composta por igrejas cristãs. Um dos meios para cumprir sua missão é o apoio a projetos de organizações populares.

Sobre o SOS Corpo

O SOS Corpo é uma organização da sociedade civil, autônoma, sem fins lucrativos, fundada em 1981 e com sede em Recife, Pernambuco, que atua há 36 anos em prol da emancipação das mulheres, propondo a construção de uma sociedade democrática e igualitária com justiça socioambiental. Sua ação é fundamentada na ideia de que os movimentos de mulheres, como movimentos sociais organizados que lutam pela transformação social, são sujeitos políticos que provocam mudanças nas condições de vida das mulheres em geral.

 

SERVIÇO:

O Que – Seminário “Desafios e perspectivas para o fortalecimento e protagonismo das mulheres negras e de mulheres de setores populares do Norte e Nordeste”.

Onde – Fórum Social Mundial, UFBA – PAF I, sala 207, Campus de Ondina.

Quando –  15 de março de 2018, às 16h.