Julho das Pretas reforça mobilização da Marcha das Mulheres Negras no Brasil – Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Notícias

Data: 10.07.15

Julho das Pretas reforça mobilização da Marcha das Mulheres Negras no Brasil

Com o intuito de construir uma agenda comum e de ação coletiva do movimento de mulheres negras para o mês de julho, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, a Comissão Executiva Nacional da Marcha, em parceria com o movimento de mulheres negras do Brasil, está organizando o Julho das Pretas.

O Julho das Pretas é uma agenda comum de intervenção criada em 2013 pelo Odara – Instituto da Mulher Negra, na Bahia, que, além de discutir a programação de atividades e ações de mulheres negras para o mês de julho, se propõe a debater amplamente o perfil, as problemáticas e prioridades das intervenções nos territórios.

“É necessário fortalecer o dia 25 de julho em todo o país. Acredito que a construção e validação dessa agenda vai garantir respeito e visibilidade para a luta das mulheres negras. A ideia é mobilizar o máximo de organizações de mulheres negras possível. O Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha é um dia para ampliar parcerias, dar visibilidade à luta, às ações, promoção e valorização do debate e da identidade da mulher negra brasileira. Vamos reafirmar o julho como um mês de intervenção das feministas negras e de mobilização”, afirmou a coordenadora executiva do Odara, Valdecir Nascimento.

O “Julho das Pretas 2015” vai contar com uma ampla programação de atividades, debates, seminários, lançamentos e articulações pró-marcha, previstas para acontecer em todo o Brasil, que estarão disponíveis no site e redes da Marcha até o final do mês de Julho.

(Por Naiara Leite – Odara/Instituto da Mulher Negra)