Nota Oficial: Militantes do MAM e da CPT são presos durante intercâmbio no Zimbábue – Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Notícias

Data: 11.11.17

Nota Oficial: Militantes do MAM e da CPT são presos durante intercâmbio no Zimbábue

Hoje, 10 de novembro de 2017, três brasileiros foram presos no Zimbabwe: Frei Rodrigo Peret, militante da Comissão Pastoral da Terra de Uberlândia, Maria Julia Gomes Andrade e Jarbas Vieira, militantes do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração e membros da secretaria do Comitê Em Defesa dos Territórios Frente à Mineração.

O grupo de brasileiros participava de atividade de intercâmbio do Diálogo dos Povos Brasil e América Latina e foram detidos com mais 22 pessoas de cinco países africanos que também estavam na mesma comitiva. Eles estão detidos na delegacia central da cidade de Mutare, que fica a 270 quilômetros da capital, Harare, na fronteira com Moçambique.

A alegação para a prisão do grupo é de que estariam violando uma área de propriedade privada, que pertence a uma mineradora chinesa, que explora diamante na região; no entanto, a atividade era realizada em uma comunidade onde vivem cerca de 6 mil pessoas.

A EMBAIXADA BRASILEIRA NO ZIMBÁBUE já foi acionada e está em contato com a polícia local para reunir mais informações. A Divisão de Direitos Humanos do Ministério das Relações Exteriores, em Brasília, também já está acompanhando o caso. A chefia do Departamento para África Central do MRE igualmente já foi notificada.

Há grande preocupação com o momento de instabilidade política do Zimbábue. Diversas organizações e militantes estão mobilizando as suas redes para prestar apoio e solidariedade aos companheiros e a todo o grupo.

CPT – Comissão Pastoral da Terra
MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração
Comitê Nacional em Defesa dos Territórios frente à Mineração
Justiça Global
FASE
Articulação internacional dos atingidos e atingidas pela Vale
Fian Brasil
Fian Internacional
Via Campesina Brasil
Instituto Politicas Alternativas para o Cone Sul (PACS)
Amigos da Terra Brasil
Coletivo Margarida Alves de Assessoria Popular
Rede Nacional de Advogados e Advogados Populares
Justiça nos Trilhos
Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos
Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais
Rede brasileira de justiça ambiental
Artigo 19
Sinfrajupe
PoEMAS – Grupo de Pesquisa e Extensão Política, Economia, Mineração, Ambiente e Sociedade
Terra de Direitos
Plataforma Dhesca
Franciscans International
Grupo de Estudos e Pesquisas Socioambientais- GEPSA/UFOP
Homa – Centro de Direitos Humanos e Empresas
IANRA – International Alliance on Natural Resources in Africa
PODER – Project on Organization, Development, Education and Reseat
INESC – Instituto de Estudos Socioeconômicos
Grupo de Pesquisa Terra em Cena
Grupo de Pesquisa Modos de Produção e Antagonismos Sociais
FDCL – Forschungs und Dokumentationszentrum  Chile Lateinamerika – Alemanha
Acionistas Críticos – Alemanha
IPSL – Institut Portugiesischsprachiger Länder – Alemanha
KOBRA – Kooperation Brasilien – Alemanha
GESTA – Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais/UFMG
CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço

 

Foto / Human Rights Watch – texto

Imagem destacada: https://racismoambiental.net.br/2017/11/11/militantes-do-mam-e-da-cpt-sao-presos-durante-intercambio-no-zimbabue/