Movimentos sociais do campo e da cidade fortalecem as redes de solidariedade com distribuição de álcool 70% – Movimentos Sociais | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Movimentos Sociais Notícias

Data: 22.06.20

Movimentos sociais do campo e da cidade fortalecem as redes de solidariedade com distribuição de álcool 70%

 

Camponeses da Associação dos Produtores de Cachaça e Derivados de Itarantim (APC-ITA) estão produzindo álcool 70%, para distribuição em comunidades rurais e urbanas, no contexto da pandemia. Neste primeiro lote, a associação produziu cerca de 1.500 litros de álcool glicerinado, em parceria com o Laboratório de Química da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, HEKS e CEAS.
Parte desta produção foi destinada a cinco ocupações do Movimento de sem teto da Bahia (MSTB), sendo elas, Quilombo Manoel Faustino, Quilombo Paraíso, Guerreira Dandara, Ocupação Rua do Passo -46, no Centro Histórico, em Salvador, e Ocupação Marielle Franco, localizada em Simões Filho. Foram contempladas cerca de 225 famílias que estão na luta pela moradia digna e defesa do seu território.

Além da pandemia, as famílias têm enfrentado surtos de zika, dengue e chikungunya. Por isso, parte do álcool recebido será destinado à produção de repelente, que será confeccionado pelas “Guerreiras Sem teto”, utilizando-se do conhecimento ancestral no manejo das folhas, para combate das arboviroses nas ocupações.

É importante ressaltar que o novo coronavírus intensificou a precariedade das condições de vida que as comunidades, em sua maioria formada pela população negra, enfrentam historicamente, como a falta de abastecimento contínuo de água potável, ausência de saneamento socioambiental, violência policial, expulsões forçadas de seus territórios. Além disso, a maioria da população vive do trabalho informal, todas essas são condições que dificultam o cumprimento do isolamento social e das recomendações sanitárias.

É neste contexto que a solidariedade e articulação das lutas do campo e da cidade tem se fortalecido.

Confira aqui vídeo produzido pelo CEAS sobre a articulação realizada para produção do álcool 70% glicerinado.