Nota da CESE sobre o Crime Ambiental em Brumadinho/MG – Ecumenismo | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Ecumenismo Notícias

Data: 28.01.19

Nota da CESE sobre o Crime Ambiental em Brumadinho/MG

“Pelas dores deste mundo ó Senhor,

imploramos piedade,

a um só tempo geme a criação…”

                                                       Rodolfo Gaede

 

Solidária com a população mineira que chora por mais um crime ambiental provocado pelo rompimento de uma barragem de rejeitos de minério de ferro em Brumadinho, ainda sem possibilidades de mensurar o alcance desta tragédia, a CESE se une a outras vozes que:

  • Exigem a apuração das responsabilidades, punição dos culpados e devidas reparações socioambientais;
  • Há três anos denunciam a omissão do poder público que até agora não puniu e nem indenizou as famílias atingidas no crime ambiental do Fundão, em Mariana;
  • Rejeitam veementemente qualquer flexibilização das leis ambientais para beneficiar empresas mineradoras e qualquer outra que atue com impactos socioambientais;
  • Reafirmam o seu compromisso com os Direitos Humanos, Sociais, Ambientais e Culturais;
  • Reafirmam a necessidade de se ter outra matriz de desenvolvimento em que as pessoas e meio ambiente sejam prioridade e não a economia por si mesma.

Assim, reafirmamos o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável, a justiça ambiental e a diversidade cultural e nos colocamos em solidariedade ao serviço dos movimentos que estão atuando na área para levar apoio e orientação às populações atingidas.

CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço

28 de janeiro de 2019