Ações de formação – Programas | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Programas

Ações de formação

As atividades de formação e articulação, planejadas e executadas pela CESE e SOS Corpo, serão organizadas para serem desenvolvidas ao longo dos três anos de projeto.

No mês de março de 2015, foi realizado um Seminário de lançamento do projeto e diagnóstico da situação dos grupos e redes de mulheres negras e de setores populares no Norte e Nordeste. O seminário teve duração de três dias, com representantes de 12 estados de abrangência do projeto.

No segundo ano do projeto, serão realizados dois encontros interregionais de formação e articulação, com duração de três dias, sendo um no Norte e um no Nordeste, cada um com 30 participantes das duas regiões, representantes de organizações e redes com projetos apoiados no âmbito da ação. Durante os encontros, serão realizadas visitas de intercâmbio a experiências relevantes próximas ao local de realização dos encontros.

O seminário inicial e os encontros interregionais se constituirão como espaços de articulação, pois permitirão às distintas organizações e redes apoiadas se reconhecerem e compreenderem as especificidades de suas causas e estratégias de mobilização, comunicação e incidência política. Neles buscaremos também favorecer o intercâmbio através de visitas in loco a experiências locais que tenham obtido êxito na sua atuação pública.

No campo do fomento à comunicação, serão realizados nos dois primeiros anos de Projeto dois encontros de comunicação, com duração de dois dias, com participação de 12 representantes de grupos e redes apoiadas. Os encontros, que serão planejados e realizados em conjunto pela CESE e SOS Corpo, combinarão debates sobre a democratização da comunicação e aspectos políticos envolvidos neste campo, intercâmbio de experiências e aprendizados no campo da comunicação para advocacy e exercícios práticos relacionados a distintas ferramentas de comunicação.

A partir da realização do primeiro encontro, será disponibilizado, pelo SOS Corpo, apoio a distância para produção e circulação de informações dos grupos, de modo a contribuir para ampliação do alcance de sua incidência local, regional e nacional. A ideia é que os encontros de comunicação possam contribuir para a ação em rede não apenas na produção de informações, mas também nas atividades voltadas para a incidência pública.