Ato ‘Águas da Resistência’ chama atenção para descaso do governo com óleo no litoral nordestino – Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Notícias

Data: 06.11.19

Ato ‘Águas da Resistência’ chama atenção para descaso do governo com óleo no litoral nordestino

Foi realizado nesta terça (5), em Salvador (BA), o ato “Águas da Resistência”, denunciando o descaso dos órgãos públicos com o derramamento de óleo do litoral nordestino.

A Casa de Iemanjá, localizada no bairro do Rio Vermelho, recebeu para a manifestação representações do Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais (MPP), Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), Associação da Colônia de Pescadores de Itapuã, pescadores do bairro, CESE, Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá), Associação de Advogados/as de Trabalhadores/as Rurais (AATR), Koinonia – Presença Ecumênica, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Grupo de Pesquisa Geografar (UFBA), Rede de Mulheres Negras da Bahia, Rede de Mulheres de Terreiro, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), os vereadores Marcos Mendes e Silvio Humberto, e Vilma Reis, levando o apoio dos movimentos de mulheres negras.

A costa baiana foi um dos territórios atingidos pelo rastro tóxico de óleo, que atinge milhares de quilômetros do litoral nordestino – poluindo o meio ambiente e ameaçando a saúde, alimentação e as condições de trabalho de povos pesqueiros.