Com apoio emergencial da CESE, povo Ashaninka do Acre retoma produção de feijão, principal item de sua agricultura – Movimentos Sociais | Notícias | Projetos | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Movimentos Sociais Notícias Projetos

Data: 12.07.21

Com apoio emergencial da CESE, povo Ashaninka do Acre retoma produção de feijão, principal item de sua agricultura

O feijão é o produto central da agricultura dos Ashaninka, localizados em duas Terras Indígenas do Acre: os de Kampa e Isolados e os de Jaminawa/Envira. Além da pandemia de Covid-19, que afetou a comercialização do item, as enchentes que atingiram o estado em meados de fevereiro também intensificaram os prejuízos com a destruição de áreas de plantio geral – como de macaxeira e banana – e a criação de animais.

A partir dessa situação, a CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço apoiou o projeto “Apoio Emergencial para Terra Indígena Kampa e Isolados e Jaminawa/Envira”, enviado pela ASPARE – a Associação do Povo Ashaninka do Rio Envira. Com esse auxílio, a associação adquiriu cestas básicas, ferramentas para trabalho agrícola e sacos de fibra para armazenamento das produções de feijão.

Entrega das cestas básicas e materiais de trabalho ao povo Ashaninka. Foto: ASPAKNO

Hokixa Kampa, Ashaninka da Aldeia Formiguinha, na TI Jaminawa/Envira, foi um dos beneficiários do projeto. A casa dele foi uma das quatro severamente atingidas pelas enchentes na localidade. Por estar situada em um terreno baixo, também situado próximo a um igarapé, a área foi bastante afetada. Ao todo, 100 famílias foram atingidas diretamente. O benefício será entregue a famílias de 9 aldeias da região.

Agora o momento é de retomada. Os meses de julho e agosto serão de preparo do terreno para plantio do feijão e de todos os outros itens. A colheita deve acontecer nos próximos meses. Para Hokixa, o apoio fornecido pela CESE foi fundamental para recomeçar sua produção.

Ashaninkas cuidando de seu feijão, principal item da agricultura local. Registro feito em 2019. Foto: ASPAKNO

Este projeto foi apoiado dentro do Fundo Emergencial de Enfrentamento à Covid-19. O PPP – Programa de Pequenos Projetos da Cese esteve em funcionamento em 2020 e continua em 2021, para apoio a iniciativas dos movimentos sociais para a defesa de direitos.

Depoimento de Airton Silva de Oliveira e Ronienson Celino Kampa, indígenas do povo Ashaninka e beneficiários da ação. 

 

E, atenta ao contexto de pandemia, a CESE continua acolhendo iniciativas para enfrentamento dessa situação e que contribuam para o amparo das famílias em situação de vulnerabilidade alimentar e sanitária, com possibilidade de apoio a cestas de alimentos, produtos de higiene, limpeza e equipamentos de proteção individual (EPIs).