Nota do CEBIC sobre intolerância religiosa e em apoio à Ilha de Maré – BA – Ecumenismo | Notícias | Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Ecumenismo Notícias

Data: 18.11.20

Nota do CEBIC sobre intolerância religiosa e em apoio à Ilha de Maré – BA

À Sociedade Baiana e às demais pessoas interessadas,

Nota do CEBIC em apoio à comunidade de Bananeiras em Ilha de Maré
Salvador – Bahia, que está sendo acusada publicamente de cometer “Intolerância Religiosa” na tentativa de garantir o uso comum da área de preservação permanente localizada no território da Ilha.

Nós igrejas e organizações ecumênicas que integramos o Conselho Ecumênico Baiano de Igrejas Cristãs-CEBIC, acompanhamos com preocupação a situação envolvendo a comunidade de Bananeiras, da associação de pescadores pescadoras e quilombolas na Ilha de Maré e o padre da Igreja Católica Ortodoxa que acusa a comunidade de “Intolerância religiosa”.

Esta acusação por parte de Kelmon Luis Souza, padre Católico Ortodoxo, nos chama atenção porque, ao contrário da referida igreja, conhecemos a comunidade e sabemos da diversidade de crenças e tradições religiosas que convivem na Ilha de maneira harmoniosa. Para nós, que atuamos na defesa do Diálogo e da Convivência respeitosa entre as religiões, o uso do termo “intolerância religiosa”, pode estar sendo usado para justificar interesses pessoais. Se este for o caso, consideramos uma afronta e um desrespeito a esta luta, tão cara aos movimentos ecumênicos que há décadas atuam na defesa do diálogo, do respeito e da convivência pacífica e harmoniosa entre as religiões.

Tememos que o uso do termo “intolerância religiosa” seja usado para justificar interesses pessoais e de grupos, em detrimento do bem coletivo de uma comunidade que há anos enfrenta o racismo ambiental religioso e institucional.
Importante ressaltar que a área que está sendo requerida para a construção da capela é Área de Preservação Permanente conforme a Lei n. 12.651/2012 entre o manguezal e a restinga. E é utilizada pelos moradores para
seus lazeres semanais e, também, por visitantes que desfrutam de águas cristalinas com temperatura agradável.

O CEBIC reafirma o seu compromisso com o diálogo e respeito entre as religiões desde que seja uma bandeira verdadeiramente comprometida com a compreensão de que é preciso haver paz entre as religiões e que a diversidade é dom divino. Também reafirmamos o nosso compromisso com a comunidade de Ilha de Maré que já enfrenta com muita altivez o racismo ambiental e institucional e luta contra a destruição do meio ambiente e pela preservação do seu modo de vida, da sua cultura e do seu direito de ter vida digna.

Fraternalmente,
Conselho Ecumênico Baiano de Igrejas Cristãs.

Igreja Católica Apostólica Romana
Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
Igreja Episcopal Anglicana do Brasil
Igreja Presbiteriana Unida
Aliança de Batistas do Brasil
Comunidade Focolares
Comunidade da Trindade
Comunidade de Jesus
Coordenadoria Ecumênica de Serviço